Questão 1 de 9

SUS - SP - 2016

CIRURGIA - TRAUMA DE FACE E PESCOÇO E TRAUMA TORÁCICO

Um homem de 35 anos, que dirigia sem cinto de segurança, foi trazido ao pronto-socorro após colisão, em que houve impacto do tórax com o volante. Não tem evidência de trauma de face nem de crânio. Não tem instabilidade hemodinâmica. A radiografia de tórax mostra múltiplas fraturas de arcos costais à esquerda. O mediastino é normal. O paciente está acordado e consciente e tem frequência respiratória de 24 incursões respiratórias por minuto, sendo a respiração ruidosa. Nota-se segmento de tórax com respiração paradoxal. Gasometria arterial, com máscara de O2: paO2: 105 mmHg; paCO2: 35 mmHg; pH: 7,48. Conduta: